Início Esporte Léo Passos, Neris e Victor Luiz reforçam o Londrina na Série B

Léo Passos, Neris e Victor Luiz reforçam o Londrina na Série B

329
0
COMPARTILHAR

O Londrina Esporte Clube (LEC) está agindo rapidamente para repor peças e reforçar o time para a sequência do Campeonato Brasileiro da Série B. Com a saída de Felipe Vieira (lateral-esquerdo), Rômulo (volante) e Luquinha (meia-atacante), que foram negociados com o futebol português, o Tubarão anunciou a vinda de três atletas: Léo Passos (atacante), Neris (volante) e Victor Luiz (lateral-esquerdo).

O jovem atacante Léo Passos (foto) é um dos novos reforços do LEC (que retoma em julho a disputa da competição nacional). Talento formado na categoria de formação do Palmeiras, o jogador de 20 anos de idade chega para um vínculo inicial com o Tubarão até o fim da temporada.

“Estou muito motivado”, conta Léo Passos. “O Londrina também um grande clube, de uma grande expressão e que oferece uma estrutura de ponta para trabalhar. Quando surgiu a possibilidade de vir, não pensei duas vezes. Venho para cá em busca de títulos. Vim para buscar ajudar o Londrina a conseguir o acesso à Série A”, afirma.

Léo é natural de Campinas (SP). Começou a carreira aos 13 anos de idade, nas divisões de base da Ponte Preta. Logo o talento do menino despertou o interesse do Palmeiras, que o trouxe para São Paulo. No Alviverde paulistano, passou por todas as categorias até chegar à equipe principal. Estreou como profissional no Campeonato Paulista de 2019.

“O Palmeiras foi muito importante para a minha carreira até aqui”, agradece o jogador. “Consegui aprimorar muitas coisas, ter um crescimento profissional muito grande. Hoje, sou um atacante de bastante mobilidade, que gosta de jogar tanto na área quanto fora da área. Dou a vida dentro de campo e procuro sempre fazer os gols, afinal, fazer gols é algo que todo atacante tem que gostar de fazer”, avalia.

A forma como o Londrina tem atuado durante a temporada até aqui também tem agradado Léo Passos, que se mostra ansioso para iniciar os treinos e atuar pelo Brasileiro da Série B com o Alviceleste.

“O Londrina começou muito bem o campeonato. Joga de uma forma muito bonita, tem um jogo ‘pra frente’”, analisa o jovem atacante. “É uma forma muito parecida à que o Palmeiras joga, uma forma de jogar que me agrada muito.  Estou acostumado a jogar assim. Acho que vou me adaptar rápido. Vai ser um estilo muito bom para o meu jogo. Enfim, acima de tudo vou jogar para o time. Isso é o que tenho oferecer aqui ao Londrina”, encerra.

O time alviceleste volta a campo dia 13 de julho pela competição, enfrentando o Operário, em Ponta Grossa.

Neris, volante

O Londrina Esporte Clube vai contar também com o talento do jovem volante Neris, de 20 anos de idade. Formado na categoria de base do Palmeiras, ele agora que vai reforçar o Tubarão no Campeonato Brasileiro da Série B.

“Vou vestir essa camisa com muito orgulho”, promete Neris. “Estou muito feliz e motivado com esse grande desafio. O Londrina é um clube muito forte, que vem fazendo boas campanhas no Campeonato Brasileiro da Série B. E neste ano não será diferente. Vamos trabalhar para conseguir esse sonhado acesso”, planeja.

Neris é paulista de Osasco, na Grande São Paulo. Passou pelas equipes de base do Atlético de Diadema e do São Paulo antes de ingressar na Academia palmeirense, em 2017. Participou de conquistas como o Campeonato Paulista Sub-20 e o Brasileiro Sub-20 em 2018, além da Copa do Brasil Sub-20 de 2019.

“Estar no Palmeiras foi muito bom para mim”, agradece Neris. “Foi importante para a minha evolução como jogador. Também pude treinar com a equipe principal. Agora, vou trabalhar para conquistar meu espaço aqui no Londrina. Acredito que minha evolução aqui também será muito grande”, avalia ele, emprestado o LEC até o fim da Série B.

Com características de primeiro volante, Neris se destaca pela qualidade na saída de bola e pela marcação. A dedicação tática também é um dos pontos fortes do jogador, que elogia o estilo de jogo do Londrina – o mesmo que trouxe o time alviceleste ao G4 da Série B.

“Sempre acompanho os jogos do Brasileiro da Série B”, conta Neris. “É um campeonato muito bom, competitivo. E o Londrina tem um ótimo estilo de jogo. Um estilo que a torcida gosta de ver e que todo clube cobra da gente. E acredito que ele será bom pra mim também. A torcida pode esperar de mim muita vontade. Quero poder fazer história dentro do clube e conseguirmos esse acesso tão sonhado”, completa.

Victor Luíz, lateral-esquerdo

Outro reforço já aunciado para a sequência do Campeonato Brasileiro da Série B. é o lateral-esquerdo Victor Luiz, que após passagens pelo futebol de Portugal, da Bulgária, e pelo Remo-PA, chega para ajudar o Tubarão na luta pelo acesso.

“Tenho amigos que me deram ótimas referências do Londrina, que é uma grande equipe e que tem uma grande história”, destaca Victor Luiz. “Estou muito feliz com essa oportunidade. Não pensei duas vezes em vir para cá. Não vejo a hora de poder defender a equipe na Série B”, afirma.

Victor Luiz tem 22 anos de idade. Nasceu em São Paulo, onde deu os primeiros passos no futebol. Passou pela categoria de formação da Portuguesa-SP, do União de Mogi das Cruzes-SP, do Avaí-SC e do São Caetano-SP. Emprestado ao Esporte Clube São Bernardo-SP, estreou como profissional em 2017.

Passou ainda pelo futebol europeu, em 2018. Disputou a Liga da Bulgária pelo Septemvri Sofia. Na mesma temporada, teve uma breve passagem pelo Sporting de Lisboa, em Portugal. Voltou ao Brasil para fazer parte do grupo campeão paraense com o Remo. O vínculo inicial com o Londrina é até abril de 2020.

“Procuro aliar força velocidade e técnica na minha forma de jogar”, apresenta-se o jogador. “Também tento me especializar sempre nos passes e em lançamentos. Vejo a posição de lateral como importantíssima no futebol, tanto defendendo como atacando. É uma posição que exige muito, principalmente na questão física e na inteligência de jogo”, analisa.Victor já está com o nome regularizado junto ao Boletim Informativo Diário (BID) da CBF e já pode atuar normalmente pelo LEC. No Alviceleste, vai ter a concorrência de Breno na posição . O volante Pedro Cacho também faz a função, se necessário.

“Antes mesmo de chegar ao clube, pude perceber que o Londrina é uma equipe muito versátil”, destaca o novo contratado. “É um time que sabe quando tocar a bola, que sabe quando deve esticar a bola. Creio que estarei bem adaptado a esse estilo de jogo. Tenho certeza de que iremos brigar pelo acesso ou até mesmo pelo título da Série B”, encerra.
(Com informações da assessoria de imprensa/LEC – Foto: Gustavo Oliveira/LEC)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, deixe o seu comentário!
Por favor entre com seu nome aqui