Início Esporte Londrina volta a jogar mal e perde mais uma em casa

Londrina volta a jogar mal e perde mais uma em casa

120
0
COMPARTILHAR

O Londrina Esporte Clube (LEC), que havia perdido em casa para o Juventude (1 a 0) na sexta-feira (8), voltou a decepcionar sua torcida e foi derrotado pelo Goiás por 3 a 1 na noite desta terça=feira (12), no Estádio do Café. Além da má fase do Tubarão e do tempo chuvoso, o horário do jogo (começou às 18 horas) também contribuiu para o pequeno público: apenas 525 pagaram ingresso (598 pessoas, no total).

Após o compromisso pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B, o LEC está na 14.a posição, com 12 pontos. A preocupação do clube agora é com a ameaça da zona de rebaixamento. O Goiás deixou o Z-4 com a vitória desta sexta-feira, passando a somar 11 pontos, e assumiu a 15.a colocação.

Mesmo com o retorno dos volantes Sílvio e Germano, que cumpriram suspensão na partida passada, o meio de campo do Tubarão criou pouco e foram raras as chances de gol. O Goiás, por sua vez, entrou cauteloso, mas conseguiu o gol aos 14 minutos com Carlos Eduardo e se apresentou melhor durante praticamente o jogo todo. O goleiro Vagner, do LEC, fez pelo menos três defesas decisivas na partida. A zaga esteve insegura, principalmente o lateral-esquerdo Roberto, e o adversário poderia até ter feito mais gols.

A melhor oportunidade no primeiro tempo surgiu aos 25 minutos: Germano bateu cruzado e Paulo Henrique desviou, mas o goleiro Marcos fez grande defesa.

Na segunda etapa, o Londrina tentou superar os problemas técnicos e táticos com disposição. O Goiás chegou a pressionar no início, mas o Tubarão reagiu, principalmente após a entrada do atacante Safira no lugar do meio campista Moisés. Aos 16 minutos, o zagueiro Edcarlos caiu e colocou a mão na bola dentro área. O árbitro Marielson Alves Silva (BA) marcou o pênalti, mas voltou atrás após consultar um dos auxiliares e apontou falta de Safira sobre o defensor, para revolta dos jogadores e torcedores alvicelestes.

Aos 24 minutos, em momento de pressão do Goiás, Carlos Eduardo cabeceou de frente para o gol e a bola bateu no travessão. A partida ficou mais tensa e o volante Sílvio, que já havia recebido cartão amarelo, fez falta dura e acabou expulso. Mesmo com um jogador a menos, o LEC empatou aos 28 minutos. Safira roubou a bola de Ernandes e tocou para Felipe Marques finalizar sem chances de defesa para o goleiro. Por sorte, os mandantes chegaram ao empate dois minutos após ficarem com um jogador a menos. Ernandes cochilou e foi desarmado na entrada da área por Safira, que tocou para Felipe Marques finalizar sem chances para o goleiro.

O Goiás partiu para o ataque e criou algumas oportunidades, até que aos 43 minutos, Michael recebeu na ponta direita, passou por Roberto e bateu cruzado para Lucão fazer 2 a 1. O Londrina partiu desordenadamente à frente e sofreu o terceiro gol. Tiago Luís avançou pela direita e cruzou rasteiro para Carlos Eduardo completar para a rede.

O LEC só volta a campo no dia 23, em Sorocaba (SP), contra o São Bento.

Londrina: Vagner, Roberto, Lucas Costa, Dirceu e Reginaldo (Lucas Ramon); Sílvio, Thomás, Moisés (Safira) e Germano; Safira, Paulo Henrique (Diego Lorenzi) e Felipe Marques. Técnico: Marquinhos Santos.

Goiás: Marcos; Alex Silva, David Duarte, Edcarlos e Ernandes; Gilberto, Giovanni e Renato Cajá (Tiago Luís); Michael (André Krobel), Carlos Eduardo e Lucão (Jacó). Técnico: Ney Franco.

(Foto: Gustavo Oliveira/LEC/Divulgação)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, deixe o seu comentário!
Por favor entre com seu nome aqui