Início Esporte LEC decepciona torcida na estreia do técnico Sérgio Soares

LEC decepciona torcida na estreia do técnico Sérgio Soares

196
0
COMPARTILHAR

Treinadores Roberto Fonseca (Sampaio Corrêa) e Sérgio Soares (LEC), antes do jogo

A estreia do técnico Sérgio Soares no comando do Londrina Esporte Clube (LEC) não foi das melhores. Quando a torcida do Tubarão esperava o início de uma reação no Campeonato Brasileiro da Série B, o time voltou a decepcionar no Estádio do Café e ficou no empate de 1 a 1 com o Sampaio Corrêa na noite deste domingo. Após 13 rodadas, O LEC tem 16 pontos e está na 13.a posição. O time do Maranhão aparece na 15.a colocação com 15 pontos, dois a mais do que o Brasil de Pelotas (RS), o primeiro da zona de rebaixamento.

Após a saída de Marquinhos Santos, que foi para o São Bento, o treinador Sérgio Soares teve apenas dois dias para conhecer o elenco. Mesmo assim, no primeiro tempo da partida, o Londrina teve uma atuação melhor que a do adversário, com mais posse de bola. O LEC também criou as principais oportunidades de gol, com destaque para a atuação de Thiago Ribeiro. Na primeira chance, ele tocou com categoria, por cobertura, na saída do goleiro Andrey, mas a bola passou por cima do gol. Pouco depois, o atacante acertou a trave em finalização da entrada da área. Thiago ainda fez um gol legal, aos 43 minutos, anulado porque o auxiliar marcou um impedimento inexistente. O Sampaio Corrêa limitou-se a marcar com firmeza e explorar os contra-ataques.

O técnico do Sampaio, Roberto Fonseca, colocou seu time mais à frente no segundo tempo e o Londrina foi surpreendido com o gol adversário logo aos 3 minutos. Em cobrança de falta de Marcelo, a bola bateu na barreira e sobrou para Carlão, que fez 1 a 0. O Tubarão foi para cima em busca do empate e Safira quase marcou, de cabeça, mas a bola foi colocada a escanteio pelo goleiro Andrey. Na cobrança, executada por Dudu aos 18 minutos, Safira disputou no alto com o goleiro e a bola quicou dentro do gol. Lucas Costa ainda dividiu com um zagueiro em cima da risca e completou para as redes, mas o gol foi mesmo de Safira. Os jogadores do Sampaio reclamaram, pedindo falta em Andrey.

Apesar do empate, as deficiências do Londrina começaram a aparecer. Nem as alterações feitas pelo novo técnico mudaram a forma desorganizada do time na segunda etapa e o Sampaio foi melhor. Em três momentos, o goleiro Vagner foi decisivo, praticando grandes defesas.

Apenas 1.267 torcedores pagaram ingresso para assistir Londrina x Sampaio Corrêa. A pequena presença de público no Estádio do Café na Série B talvez possa se explicada por este número: dos 21 pontos disputados em casa, o LEC ganhou apenas 8 até agora.

O Londrina volta a jogar na quinta-feira (5), quando encara o Vila Nova, às 20h30, no Estádio Serra Dourada, em Goiânia.

LONDRINA – Vagner; Lucas Ramon (Jardel), Leandro Almeida, Lucas Costa e Roberto; Moisés Gaúcho (Germano), João Paulo e Dudu; Felipe Marques, Alisson Safira (Patrick Vieira) e Thiago Ribeiro. Técnico: Sérgio Soares.

SAMPAIO CORRÊA – Andrey; Marcelo, Joécio, Maracás e Alyson; Diego Silva (Silva), William Oliveira, João Paulo (Dalberto) e Fernando Sobral; Wellington Rato (Rodrigo Fumaça) e Carlão. Técnico: Roberto Fonseca.

(Foto: Gustavo Oliveira/LEC/Divulgação)

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, deixe o seu comentário!
Por favor entre com seu nome aqui