Início Cidade e Região Londrina terá campanha de vacinação contra sarampo e polio

Londrina terá campanha de vacinação contra sarampo e polio

31
0
COMPARTILHAR

Na próxima segunda-feira (6), às 16 horas, a Secretaria Municipal de Saúde vai realizar o lançamento oficial da Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo e a Poliomielite, na sede do Centro Municipal de Educação Infantil Valéria Veronesi, que fica na Rua Benjamin Constant, 800, no Centro. No ato do lançamento, as crianças matriculadas no local receberão a vacina.

A ação é uma demonstração da parceria firmada entre as secretarias municipais de Saúde e Educação para imunizar o maior número possível de crianças entre 1 ano a menores de 5 anos. Para isso, os profissionais da saúde irão a todas as escolas municipais e CMEIs de Londrina. Somente no CMEI Valéria Veronesi cerca de 400 estudantes serão vacinados.

De acordo com o secretário municipal de Saúde, Felippe Machado, tanto o sarampo quanto a poliomielite correm o risco de voltar a atingir a população por conta da baixa cobertura vacinal. “Londrina foi declarada, dentre as cidades brasileiras, como uma daquelas com menor cobertura vacinal contra a poliomielite. Passou da hora dos pais e responsáveis se conscientizarem e levarem seus filhos para a vacinação. Não tem desculpa para não vacinar”, disse.

A campanha de vacinação vai de 6 a 31 de agosto, em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBS) de Londrina. A partir das 8 horas, de segunda-feira (6), ela estará disponível para as crianças, que são o público-alvo da iniciativa. A expectativa é imunizar 25 mil crianças que se encontram na faixa etária de 1 ano a 4 anos, 11 meses e 29 dias, sendo que todas devem ser imunizadas, independentemente delas já terem ou não tomado as doses dessas vacinas.

A imunização servirá como reforço à vacina tríplice viral, que engloba a prevenção do sarampo, caxumba e rubéola. Além disso, durante a campanha as crianças receberão uma dose da vacina contra a paralisia infantil.

“Dia D” de vacinação – Para os pais e responsáveis que não conseguirem levar seus filhos para se vacinaram durante a semana, no sábado, dia 18 de agosto, será realizado o “Dia D”, em todo Brasil. Todas as 42 Unidades Básicas de Saúde (UBS) da zona urbana estarão abertas para vacinar as crianças.

Sintomas e transmissão – O sarampo é uma doença de fácil transmissão e seu contágio se dá pelo ar, visto que é uma virose de transmissão respiratória. Ela pode atingir tanto crianças quanto adultos. Os sintomas mais comuns são febre alta, conjuntivite associada, olhos lacrimejantes e aversão à luminosidade, além de mal-estar, e tosse seca e persistente.

Após três dias de febre alta, em média, surgem manchas avermelhadas pelo corpo e durante cerca de 7 a 10 dias, o paciente fica convalescente. Ela não tem tratamento específico e pode agravar outras doenças como otite, pneumonia e tuberculose. O meio mais eficaz de prevenção é por meio da vacina. (Fonte: Prefeitura/Ncom)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, deixe o seu comentário!
Por favor entre com seu nome aqui