Início Esporte LEC é escolhido por japoneses como sede de intercâmbio

LEC é escolhido por japoneses como sede de intercâmbio

144
0
COMPARTILHAR

A comissão técnica e 14 jovens do Western Saitama Area All Star Team, da Província de Saitama, no Japão, desembarcaram no Brasil no último dia 23 para realizar um intercâmbio ligado ao futebol no Londrina Esporte Clube.  No total, serão 15 dias destinados para aprender mais sobre o futebol brasileiro.

Alojados no Estádio Vitorino Gonçalves Dias, local onde acontece a preparação das categorias de base, a equipe japonesa poderá contar com toda a estrutura e acompanhamento da base alviceleste. O time composto por atletas de 16 anos participa de uma rotina intensa de jogos e treinamentos.

Ao todo, a equipe fará seis jogos com times da região, além do próprio LEC. O treinamento do Western Saitama vem sendo acompanhado pelo técnico da categoria Sub-17, Silvinho, pelo técnico da categoria sub-15, Cassiano, pelos preparadores de condicionamento físico Oseias e Venturini, e pelos preparadores de goleiros Alexandre e Christian.

O intercâmbio é baseado no aprendizado cultural e na integração do futebol. Desta forma, além de virem para o Brasil vivenciar uma situação diferente da do Japão, eles passam também por uma adaptação no futebol.

“Eles têm uma qualidade muito boa. Nós estamos acompanhando e vendo como assimilam bem o que é passado. O comprometimento, o entendimento e a determinação permitem um bom aprendizado, além de trazer uma experiência diferente para o LEC”, conta o coordenador da categoria de base, Alencar.

Encontro com Silvinho

Está é a terceira vez que o intercambio é realizado no LEC. Outros grupos de estudantes japoneses já estiveram pelo clube em 2015 e 2016. A ligação da cidade com a cultura japonesa foi um dos pontos que também influenciaram na escolha do local para o aprendizado, além de toda a estrutura e o renome do time.

Este ano os atletas que vieram tiveram uma experiência diferente: parte dos treinamentos foi aplicada pelo treinador da categoria Sub-17, Silvinho, que durante suas atuações como jogador se consagrou como ídolo do futebol japonês.

“Para eles foi uma surpresa. Eles o conheciam como jogador, então foi muito bom. E o Silvinho ainda deu algumas orientações em japonês, o que gerou uma aproximação e uma interação enorme, além de ajudar no entendimento das explicações”, contou o intérprete do time, Sergio Toyohiko Onishi.

(Com informações da assessoria de imprensa/LEC – Foto: Natália Cotrim)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, deixe o seu comentário!
Por favor entre com seu nome aqui