Início Colunistas Julgamento de vereadores londrinenses é suspenso pelo TJ-PR

Julgamento de vereadores londrinenses é suspenso pelo TJ-PR

52
0
COMPARTILHAR
Sala de sessões Camara Municipal de Londrina

A sessão de julgamento dos vereadores afastados Mario Takahashi (PV) e Rony Alves (PTB) na Câmara Municipal de Londrina, prevista para a manhã desta segunda-feira (20), foi suspensa em obediência a uma liminar expedida pelo Tribunal de Justiça do Paraná (TJ-PR). Os vereadores alvos da Comissão Processante (CP) são também réus numa ação resultante de operação do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) que investigou supostas cobranças de propina para mudanças no zoneamento da cidade.

A Justiça determinou que Takahashi seja “intimado oficialmente” para prestar depoimento à CP antes do julgamento. Segundo a defesa do vereador isso não teria ocorrido, mas o procurador jurídico da Câmara, Miguel Aranega Garcia, declarou à Rádio Paiquerê AM que os vereadores foram intimados “pessoalmente ou via advogados” e que “essa informação será prestada ao Tribunal, pois acreditamos que a informação repassada ao desembargador foi distorcida”.

Os vereadores Takahashi e Alves estão afastados desde janeiro.

(Com informações da rádio Paiquerê-AM – Foto: Devanir Parra/Divulgação)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, deixe o seu comentário!
Por favor entre com seu nome aqui