Início Esporte Londrina assusta o líder, mas sofre virada com gol no fim

Londrina assusta o líder, mas sofre virada com gol no fim

597
0
COMPARTILHAR

Desfalcado de jogadores importantes como Germano, Thiago Ribeiro e o artilheiro Dagoberto, por problemas médicos, o Londrina Esporte Clube (LEC) foi a Fortaleza na noite deste sábado (25) enfrentar o líder do Campeonato Brasileiro da Série B e por pouco não conseguiu um resultado positivo. O Tubarão abriu o placar, mas sofreu um pênalti, teve o goleiro Vagner expulso e não resistiu à pressão do Fortaleza, que acabou virando o marcador no final da partida.

Como era previsível, incentivado por sua numerosa torcida, o time cearense começou a partida em cima do Londrina, procurando o gol. O Alviceleste jogava com três atacantes, mas, a rigor, apenas Safira tinha função apenas ofensiva. Os outros dois, Paulinho Mocellin (pela direita) e Jô (pela esquerda) voltavam para auxiliar os laterais na marcação. O esquema armado por Roberto Fonseca deu certo. Explorando os contra-ataques, o Londrina não só incomodou o adversário, como teve um pênalti do volante Felipe sobre Jô que não foi marcado pelo árbitro Paulo Henrique Schleich Vollkopf (MS). Pouco depois, o LEC abriu o marcador em cobrança de escanteio, com toque de cabeça de Lucas Ramón, aos 44 minutos.

No segundo tempo, o Fortaleza voltou mais forte, mas encontrou dificuldades nas finalizações. Numa saída para o ataque, o Londrina errou e permitiu o contra-ataque. O goleiro Vagner cometeu pênalti em Gustavo. Como já tinha cartão amarelo, foi expulso. Alan entrou (no lugar de Safira) e não conseguiu evitar o empate. Bruno Melo cobrou e marcou aos 22 minutos.

Com a vantagem no número de atletas em campo, o Fortaleza teve ainda mais domínio do jogo. Aos 33 minutos, Éderson, de cabeça, acertou o travessão. O gol da virada acabou saindo aos 40 minutos, quando Alan rebateu para dentro da área e Gustavo, o Gustagol, sem marcação, fez 2 a 1.

Na próxima rodada, o Londrina recebe o Atlético (GO) na sexta-feira, às 19h15, no Estádio do Café.

FORTALEZA: Marcelo Boeck; Tinga, Diego Jussani, Ligger e Bruno Melo; Nenê Bonilha (Jean Patrick), Felipe, Dodô, Marlon e Marcinho (Getterson) (Ederson); Gustavo. Técnico: Rogério Ceni.

LONDRINA: Vagner; Lucas Ramon, Dirceu, Lucas Costa e Sávio; João Paulo, Jardel e Higor Leite (Paulo Henrique); Paulinho Moccelin, Jô (Matheuzinho) e Alisson Safira (Alan). Técnico: Roberto Fonseca.

(Foto: Paulo Matheus/Fortaleza E.C./Divulgação)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, deixe o seu comentário!
Por favor entre com seu nome aqui