Início Cultura Fotografias feitas na Antártica ganham exposição inédita em Londrina

Fotografias feitas na Antártica ganham exposição inédita em Londrina

32
0
COMPARTILHAR

Marina Klink, mulher do navegador Amyr Klink, é a autora das fotografias

A partir desta quarta-feira (5), o showroom da A.Yoshii em Londrina vai expor um acervo inédito na cidade de registros fotográficos de feitos na Antártica, destino frequente da fotógrafa Marina Klink, esposa do navegador Amyr Klink. O coquetel de lançamento será nesta terça-feira (4), às 19 horas.

A exposição “O olhar nômade de Marina Klink” traz fotografias captadas ao longo de mais de uma década de viagens polares, cujas imagens estão disponíveis em agências de fotografias internacionais e galerias de arte, e já foram publicadas por importantes jornais, revistas e publicações didáticas.

Marina possui um vasto acerto de imagens de natureza em destinos remotos da Terra. Seu trabalho fotográfico vai além da moldura das suas imagens. Suas fotografias revelam a forma que encontrou para compartilhar seu amor pela natureza, com enfoque em questões de conservação e sustentabilidade.

“Por meio da fotografia encontrei uma forma de prolongar a experiência de cada expedição e trazer a público a urgência da nossa conscientização sobre nossa responsabilidade pela conservação da natureza. Para isso faço imagens de destinos singulares que pretendo espalhar para dentro da casa das pessoas que talvez não tenham a mesma disposição que eu para enfrentar as dificuldades do caminho para ir tão longe”, conta Marina.

A exposição em Londrina, segundo ela, reflete a singularidade nômade da Antártica. “Nada na Antártica é fixo, tudo é temporário. Os seres humanos, as instalações, os animais. Nada é definitivo. Tudo é nômade. O olhar de quem vai também é sempre inquieto, vaga e se deslumbra com o que vê. Nada poderia ser mais nômade que uma viagem polar”, afirmou.

Marina é autora dos livros fotográficos “Antártica – A Última Fronteira” e “Olhar Nômade” ambos publicados pela Editora Brasileira e já esgotados.  Recentemente lançou “Vamos dar a Volta ao Mundo?”, pela Companhia das Letras e em setembro lança “O Chamado do Sul”, pela Editora Brasileira.

A exposição em Londrina é gratuita e pode ser vista de 5 a 30 de setembro, das 9 às 18 horas, inclusive aos finais de semana, no showroom da A.Yoshii, na avenida Madre Leonia Milito, 1800.

(Com informações da assessoria de imprensa – Foto: Rogerio Tomazela/Divulgação)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, deixe o seu comentário!
Por favor entre com seu nome aqui