Início Cidade e Região Vestibular: UEL tem quase 8 mil na disputa por vaga em 2019

Vestibular: UEL tem quase 8 mil na disputa por vaga em 2019

43
0
COMPARTILHAR

Do total de 8.224 convocados para a 2ª fase do vestibular da Universidade Estadual de Londrina (UEL), 471 estudantes (5,73%) deixaram de comparecer no domingo (2), primeiro dia desta etapa do concurso, quando foram aplicadas as provas de Língua Portuguesa e Literaturas em Língua Portuguesa (20 questões objetivas), além de Língua Estrangeira (10 questões) e a Redação.

No segundo dia de provas da 2ª fase, nesta segunda-feira (3), a abstenção foi de 21 estudantes, elevando para 492 estudantes o total de ausentes. Este ano a UEL oferece 2.521 vagas em 51 cursos de graduação e outras 564 por meio do Sistema de Seleção Unificada (SISU). O resultado do Vestibular será divulgado dia 18 de janeiro, no site da Cops.

Segundo a professora Sandra de Oliveira Garcia, da Coordenadoria de Processos Seletivos (Cops), a abstenção ficou dentro da média dos últimos anos, atribuída à desistência de estudantes que provavelmente foram aprovados em outras instituições.

Os candidatos fizeram três textos distintos na prova de Redação. O primeiro pedia 14 linhas a partir de reportagem publicada em jornal sobre relatório do Banco Mundial retratando o atraso na Educação Brasileira. A segunda Redação solicitava ao candidato um texto de cinco linhas a partir de uma charge que exibia manifestantes jogando lixo em via pública. O terceiro e último texto da prova propunha um enunciado sobre ética e solidariedade, que o candidato deveria dar continuidade em 10 linhas.

Nesta segunda-feira (3) os candidatos responderam a 12 questões discursivas distribuídas entre três das disciplinas que constam no Ensino Médio (Artes, Biologia, Espanhol, Filosofia, Física, Geografia, História, Inglês, Língua Portuguesa/Literaturas em Língua Portuguesa, Matemática, Química e Sociologia). Segundo a Coordenadora da Cops, este é o grande diferencial da UEL, que busca um aluno que tenha conhecimento interdisciplinar e que saiba interpretar.

Na terça-feira (4), 650 candidatos aos cursos de Arquitetura e Urbanismo, Artes Visuais, Design de Moda e Design Gráfico fazem a Prova de Habilidades Específicas (PHE). Estas provas serão realizadas nos períodos da manhã e da tarde, em 22 salas no Centro de Estudos Sociais Aplicados (CESA) e no Centro de Tecnologia e Urbanismo (CTU).

Plantão – A equipe da Coordenadoria de Processos Seletivos (Cops) da UEL atendeu a 10 estudantes neste domingo (2), durante o plantão exclusivo para confecção de documento de identificação. O serviço é direcionado a candidatos que perderam documentos ou foram roubados. Neste caso o estudante precisa comprovar a perda com Boletim de Ocorrência. Novo plantão será realizado nesta segunda-feira (3), das 8h30 às 11 horas, na sede da Cops, no Campus da UEL.

Novos cursos – A governadora Cida Borghetti assina nesta terça-feira (4), no Palácio Iguaçu, em Curitiba, o decreto de criação do curso de Biotecnologia da UEL. A nova graduação deverá ser oferecida a partir de 2020, com duração de 4 anos, período integral e carga horária total de 3.750 horas. Esta será 53ª graduação da UEL. No início deste mês o governo autorizou o curso de Nutrição, que também será oferecido a partir de 2020. (Fonte: Agência UEL)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, deixe o seu comentário!
Por favor entre com seu nome aqui