Início Cidade e Região Preço da gasolina caiu 4,5% nos postos na Região Sul. Você percebeu?

Preço da gasolina caiu 4,5% nos postos na Região Sul. Você percebeu?

150
0
COMPARTILHAR

Os motoristas da Região Sul fecharam 2018 pagando menos pelos combustíveis, revela o levantamento de dezembro do Índice de Preços da Ticket Log (IPTL). A gasolina registrou baixa de 4,5%, no comparativo com o mês anterior, e foi comercializada a R$ 4,434. A redução foi acompanhada pelo etanol, que ficou 2,3% mais barato nos postos de toda a região. Já o consolidado do ano revela que o Paraná registrou a maior variação para o combustível nos postos de todo o Brasil.

O levantamento ainda mostra que o gás veicular natural (GNV) foi na contramão dos outros combustíveis e aumentou 1,7%. “Dezembro foi mais um mês de baixa nos preços dos combustíveis, com exceção do GNV, que continua a refletir nas bombas a atualização do custo do gás, anunciada pela Petrobrás. Na Região Sul, a redução mais significativa foi para a gasolina, que ficou 4,5% mais barata”, comenta o Diretor-Geral de Frotas e Soluções de Mobilidade da Edenred Brasil, Jean-Urbain Hubau (Jurb).

No recorte regional, o Rio Grande do Sul continua a concentrar as médias mais altas para os combustíveis. A gasolina, mesmo com uma redução de 4,39%, foi a mais cara da região, comercializada a R$ 4,588, ante os R$ 4,099 dos postos de Santa Catarina, o menor preço médio de todo o País.

O Paraná, com o litro do etanol a R$ 2,939, registrou o menor preço para o combustível praticado em toda a região. O Estado também concentrou as médias mais baixas do litro do diesel e do diesel S-10, cobrados a R$ 3,099 e R$ 3,199, respectivamente, uma redução de mais de 7% para os combustíveis no comparativo com novembro.

Em Porto Alegre

Na capital gaúcha, a zona norte concentrou os menores preços para a gasolina, com o litro vendido a R$ 4,553, ante os R$ 4,627 dos postos da região central. Já o etanol foi mais vantajoso na zona sul, com a média de R$ 3,939, ante os R$ 3,979. O IPTL também revela que nas análises das principais regiões da cidade, pelas médias contabilizadas, a gasolina manteve a margem de vantagem acima dos 70% do preço médio do etanol, uma opção mais econômica para os motoristas.

Balanço de 2018

Em 2018, a Região Sul concentrou as maiores e as menores variações no preço do etanol registradas em todo o País. No Paraná, o litro do combustível teve uma variação média de 17,55%, com destaque para junho, quando o etanol no Estado registrou o maior pico do ano, com o litro comercializado a R$ 4,303. Já no Rio Grande do Sul, a variação média foi de 0,33%, a menor encontrada nos postos consultados em todo território nacional.

No cenário nacional, a gasolina registrou ao longo do ano uma variação de 7,39%, com o preço médio de R$ 4,538 em todo o País. O maior preço médio para o combustível foi registrado no Acre, em outubro, quando o litro chegou a ser comercializado por R$ 5,300. Já o menor valor foi registrado em Santa Catarina, em abril, com o litro vendido a R$ 3,930.

O IPTL é um índice mensal de preços de combustíveis levantados com base nos abastecimentos realizados nos 18 mil postos credenciados da Ticket Log, que traz grande índice de confiabilidade devido a quantidade de veículos administrados pela marca: 1 milhão ao todo, com uma média de oito transações por segundo. A Ticket Log, marca de gestão de frotas e soluções de mobilidade da Edenred Brasil, conta com 25 anos de experiência e se adapta às necessidades dos clientes, oferecendo soluções modernas e inovadoras, a fim de simplificar os processos diários.

(Com informações da assessoria de imprensa da Ticket Log – Foto: Arquivo)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, deixe o seu comentário!
Por favor entre com seu nome aqui