Início Esporte Emoção total! E o Tubarão avança na Copa do Brasil

Emoção total! E o Tubarão avança na Copa do Brasil

169
0
COMPARTILHAR

Luquinha, o nome do jogo: gol aos 47 minutos do segundo tempo

Os cerca de 1.600 torcedores do Londrina Esporte Clube (LEC) que compareceram ao Estádio do Café na noite desta terça-feira (19) viveram momentos emocionantes na partida com o Paraná Clube, pela segunda fase da Copa do Brasil. O Tubarão sofreu um gol no primeiro tempo, conseguiu o empate aos 47 minutos do segundo tempo com o jovem Luquinha e conquistou a vaga em uma dramática decisão por pênaltis.

O Paraná havia vencido o Londrina recentemente em decisão de vaga na semifinal do Campeonato Paranaense por 2 a 1, também no Estádio do Café e a vitória alviceleste teve sabor de revanche. O LEC garantiu R$1,45 milhão, juntamente com o direito de disputar as duas partidas da terceira fase.

O jogo

O Londrina começou melhor, dominando as ações na intermediária e criando alguns lances ofensivos. Mas, a partir dos 20 minutos, o Tricolor subiu de produção e obrigou Alan a praticar duas grandes defesas em finalizações de Éder Sciola e Fernando Neto.

O gol tricolor saiu aos 31 minutos: Caio Rangel tocou para Alesson, que dominou mal dentro da área, mas Jenison aproveitou a sobra e fez 1 a 0.

O Paraná Clube, mais tranquilo, procurava explorar os contra-ataques e levava perigo. Mesmo sem ser brilhante, o Londrina teve oportunidade de empatar com Luidy e Anderson Oliveira, mas o bom goleiro Thiago Rodrigues defendeu.

No segundo tempo, o Tubarão foi mais ofensivo e, mesmo correndo risco de tomar mais um gol, avançou os meio-campistas e soltou os laterais, principalmente Felipe, pela esquerda. Apesar de pressionar o adversário em vários momentos, o Londrina não acertava as conclusões. O técnico Alemão substituiu Luidy por Marcelinho e colocou Miullen no posto de Uélber. O ataque continuou encontrando dificuldades.

Quem mudaria a história do jogo seria o jovem e rápido atacante conhecido como Luquinha. Ele sofreu uma falta nas proximidades da área e encarregou-se da cobrança. Acertou um chute indefensável, incendiando a torcida aos 47 minutos.

Com o empate, a definição ficou para os pênaltis.

Germano abriu a série e marcou. O Paraná empatou com Sueliton. Marcelinho cobrou e fez. O Paraná também marcou com Jenison. O experiente zagueiro Sílvio errou e o Paraná Clube passou à frente com Fernando Neto: 3 a 2. Luquinha mostrou personalidade mais uma vez e empatou: 3 a 3. Guilherme errou e colocou o Londrina na briga outra vez. Anderson Oliveira cobrou bem e fez 4 a 3.  Eder Sciola igualou o placar. Na última cobrança da série, Rômulo errou. Se o Paraná marcasse o gol, ficaria com a vaga. Jhemerson acertou o travessão e a torcida comemorou a nova esperança. O zagueiro Augusto colocou o Tubarão na frente: 5 a 4. Luiz Otávio acertou o travessão e o Londrina fez a festa no Estádio do Café.

No final do jogo houve também confusão envolvendo os jogadores. Os tricolores alegaram que o zagueiro Sílvio os ofendeu durante a comemoração. Mas o atleta do Tubarão declarou que “tinha o direito de estravasar” e que não agrediu ninguém verbalmente.

(Foto: Londrina Esporte Clube/Facebook)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, deixe o seu comentário!
Por favor entre com seu nome aqui