Início Cidade e Região Expo Londrina 2019 terá um dia a menos

Expo Londrina 2019 terá um dia a menos

109
0
COMPARTILHAR

Com o tema “O Agro nos Move”, a 59ª edição da Exposição Agropecuária e Industrial de Londrina será realizada de 5 a 14 de abril, tornando o Parque Ney Braga, mais uma vez, um centro de conhecimento, tecnologia, negócios, e, claro, o ponto de lazer para um público cativo, que ano a ano prestigia um dos maiores eventos do agronegócio do Paraná. Diretores da Sociedade Rural do Paraná, promotora da feira, receberam a imprensa na manhã de quarta-feira, dia 20 de fevereiro, para apresentar mais detalhes do evento.

A ExpoLondrina mantém uma média de 550 mil visitas em cada edição. “Este ano não deverá ser diferente, pois temos uma grade de shows com os mais requisitados cantores da atualidade; uma agenda técnica que contempla temas que vão ao encontro do que pedem os produtores; e uma série de atrações que trazem para o parque pessoas das área urbana e rural, unindo campo e cidade durante 10 dias”, destaca Antonio Sampaio, presidente da Sociedade Rural do Paraná,  entidade organizadora da ExpoLondrina.

O fato de ter um dia a menos não deverá alterar os resultados, segundo Sampaio. “Sempre iniciamos o evento na quinta, mas a abertura oficial já era na sexta-feira. Ele argumenta ainda que a medida não impactará no total de público em shows ou no parque. “Acreditamos que o público de show continuará prestigiando o evento”.

O tema “O agro nos move”, que vem sendo usado nas últimas edições, não sofreu alteração, segundo Sampaio, por ser atual e de extrema importância para que a sociedade reconheça o papel do agronegócio na economia nacional.

As expectativas da organização da exposição são de bom público e bons negócios durante o evento. “Aqui se concentram os principais bancos que trabalham com crédito rural e as mais importantes concessionárias agrícolas. Então, é onde o produtor tem a chance de conhecer o que as empresas oferecem, estudar as ofertas, pedir financiamento e fechar o negócio. Tudo num só lugar. Isso facilita muito”, comenta Sampaio.

A agenda de leilões, outro setor de movimentação econômica expressiva na feira, está sendo finalizada, mas devem ser realizados em torno de 15 remates, entre bovinos, equinos e asininos e ovinos.

Agenda Técnica

A agenda técnica da exposição será composta por mais de 120 eventos, entre cursos, simpósios, encontros, palestras. O diretor de Atividade Agroindustrial e coordenador da agenda, Luigi Carrer Filho, disse que já estão fechados eventos tradicionais, como o Simpósio de Eficiência e Produção e Reprodução Animal, com as presenças já confirmadas dos especialistas Marcelo Seneda, Pietro Baruselli, Roberto Sartori, entre outros grandes pesquisadores da área de reprodução animal; o III Simpósio de Equideocultura; o VII Simpósio de Produção Animal; O Simpósio de Pequenos Animais, que ano passado atraiu mais de 300 pessoas.

Carrer Filho destaca que tem muitas novidades tecnológicas no mercado, que ajudam a aumentar a eficiência e a produtividade, e reduzir custos. “As tecnologias alteram, em muito, o padrão produtivo e o produtor precisa conhecê-las, sob o risco de desaparecer”, alerta. Este ano, segundo o diretor, serão realizados mais de 100 eventos técnicos, com apoio de parceiros como o Conselho Regional de Medicina Veterinária, Unopar, UEL, Embrapa, Sebrae, Senai e Seab/Emater. (Fonte: Expo Londrina)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, deixe o seu comentário!
Por favor entre com seu nome aqui