Início Cidade e Região Prefeitura inaugura escola para mais de 500 alunos na zona sul

Prefeitura inaugura escola para mais de 500 alunos na zona sul

265
0
COMPARTILHAR

Uma escola moderna, que atende mais de 400 crianças do ensino infantil e fundamental, com inovações pedagógicas e na configuração do prédio. Assim foi o resumo do prefeito Marcelo Belinati sobre a Escola Municipal Professor Joaquim Pereira Mendes, inaugurada nesta quinta-feira na Rua Guilherme Farel, no Jardim Colina Verde.

A nova sede conta com ambiente administrativo, pedagógico e de serviço. Nos 1.472,33 metros quadrados de área construída há 12 salas de aula, uma biblioteca, duas salas de contraturno escolar e recursos, instalações sanitárias adaptadas para pessoas com deficiência, salas para a direção, supervisão, professores, apoio pedagógico, depósitos, cozinha, área de preparo de alimentos, área de serviço e refeitório. Além disso, as crianças podem desfrutar de uma quadra esportiva e de uma área de recreação, os pais aproveitam a área de embarque e desembarque de crianças, e os professores e funcionários contam com um estacionamento próprio.

“Isso mostra que a administração tem foco absoluto em valorizar a educação. Ela é uma de quase uma dezena de escolas e creches que estão sendo construídas ao mesmo tempo hoje em Londrina, valorizando a educação como ela deve ser valorizada”, disse o prefeito Marcelo Belinati.

A unidade escolar já está em funcionamento e atende 483 alunos, do P4 ao 5º ano. Eles estão matriculados em 24 turmas, que estão divididas no período matutino e vespertino. Esta escola presta serviço desde 2017, quando ainda não tinha uma sede própria e ficava dentro das dependências do Colégio Estadual Vicente Rijo. Estudavam lá 236 alunos atendidos em 12 turmas. Destes, 160 preferiram continuar estudando na escola municipal mesmo com a mudança de endereço.

Foram investidos R$ 3,5 milhões nesta obra, recursos provenientes do cumprimento de uma obrigação gerada pelo loteamento Spazio Louvre, de responsabilidade da construtora MRV Engenharia e Participações S/A. Durante o evento, o diretor de Produção da MRV, Ralf Haddad, anunciou que fará a cobertura da quadra esportiva durante as férias escolares das crianças. “Não poderíamos deixar de comemorar esse dia, que para nós é de extrema alegria. Uma parceria que muitos chamam de obrigação, para nós é uma satisfação”, destacou.

Para a secretária municipal de Educação, Maria Tereza de Moraes, a unidade escolar veio em boa hora, dada a demanda por vagas escolares na região. “Começamos o ano com 200 alunos, agora temos mais de 400 e estamos muito felizes, porque é um grande avanço na infraestrutura das unidades. Desde o início da gestão, o prefeito Marcelo Belinati tem nos cobrado sobre o caucionamento, para fazermos com que as empresas cumpram com suas obrigações”, disse.

Além desta entrega, Marcelo Belinati lembrou que está sendo feito um grande trabalho na área da educação em Londrina. “Há nove creches sendo construídas ao mesmo tempo no município. No distrito de Warta, que não tinha escola municipal, está sendo construída uma unidade escolar moderníssima. Isso se deve à vontade política, ao trabalho da equipe da Secretaria de Educação e apoio da Câmara de Vereadores e dos deputados”, ressaltou.

Estiveram presentes na solenidade os familiares do homenageada que dá nome à escola Professor Joaquim Pereira Mendes, os vereadores João Martins, Estevão da Zona Sul, Pericles Deliberador, Eduardo Tominaga, o ex-deputado federal Alex Canziani, pais e responsáveis pelos alunos, além da comunidade em geral.

Homenageado – O professor Joaquim Pereira Mendes nasceu em 30 de novembro de 1953, em Londrina. Morou durante muitos anos no Patrimônio “Barro Preto”, localizado no distrito de Guaravera e iniciou sua carreira como professor do ensino primário. No distrito de Paiquerê começou a lecionar para turmas de 5ª a 8ª série, em uma escola de Campanha Nacional das Escolas da Comunidade (CNC). Depois tornou-se vice-diretor na extinta Escola Municipal Dr. Oswaldo Alberto de Souza Palhares e mais tarde diretor.

No cargo, dedicou-se ao trabalho, até em dias de descanso, com reformas no espaço físico, além de ajudar a equipe de professores, supervisores e funcionários a aprimorar a qualidade escolar, ajudando assim a transformar a escola em uma referência para demais unidades escolares. Em 2004, descobriu que estava com linfoma e, por isso precisou se afastar para tratamento. Em outubro de 2005, faleceu deixando na memória dos amigos, familiares e funcionários o exemplo de esforço e amor pela educação, que agora estampa a sede da escola municipal em sua homenagem.

Fonte: Prefeitura/Ncom (foto: Vivian Honorato)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, deixe o seu comentário!
Por favor entre com seu nome aqui