Início Cidade e Região Rede municipal abre no dia 3 as matrículas para 2019

Rede municipal abre no dia 3 as matrículas para 2019

182
0
COMPARTILHAR

A Secretaria Municipal de Educação (SME) realiza, de 3 a 28 de setembro, a primeira etapa da Chamada Pública Escolar. Pais e responsáveis de crianças nascidas de abril de 2012 até março de 2015, e que tenham interesse em matriculá-los na rede municipal de ensino em 2019, devem fazer o cadastro nas unidades escolares. A Chamada Pública abrange os alunos que já estudam na rede municipal, e também os que serão transferidos da rede particular ou farão sua primeira matrícula.

Nesta primeira fase, é preciso comparecer nas escolas ou Centros de Educação Infantil, municipais (CMEIs) e filantrópicos (CEIs), com a via original dos seguintes documentos: certidão de nascimento da criança; faturas da Copel e/ou da Sanepar, recentes; CPF ou RG do responsável; e o número da inscrição imobiliária (disponível no carnê do IPTU).

O cadastro pode ser feito em qualquer unidade da rede municipal. O horário de atendimento pode ser confirmado em cada unidade, ou diretamente no Setor de Matrícula e Documentação Escolar da SME, pelos telefones 3375-0235 e 3375-0236.  No caso de crianças que serão matriculadas em turmas de P4 e P5, a recomendação é que o procedimento ocorra, preferencialmente, nos Centros de Educação Infantil, municipais ou filantrópicos.

De acordo com o gerente de Matrícula e Documentação Escolar da SME, Junior Cesar Dias de Jesus, o cadastro vai garantir aos pais e responsáveis que a criança terá sua vaga na rede municipal em 2019. “O cadastramento será apenas para turmas de P4, P5 e 1º ano, ou seja, alunos que, em 2018, estão matriculados no C3, P4 e P5. Já os alunos que estão no 2º ao 4º ano terão o período de rematrícula no mês de dezembro, em cada unidade, pois eles já têm vaga garantida. E os casos de transferências ou novas matrículas para essas turmas só serão atendidas no início do ano letivo de 2019, com o retorno das aulas” explicou.

A Chamada Pública para o ano letivo de 2018 teve, aproximadamente, 14.500 crianças cadastradas. “Todas as crianças que forem cadastradas dentro desse prazo estipulado terão suas vagas garantidas. A cada criança inserida, o sistema fará automaticamente a distribuição para a unidade mais próxima, através do georreferenciamento, com base no endereço declarado pelos pais”, detalhou Jesus.

O gerente de Matrícula e Documentação Escolar frisou ainda que o cadastro compõe a primeira das três etapas da Chamada Pública Escolar. “A primeira etapa é o cadastro, feito em qualquer unidade, onde os pais e responsáveis apresentam os documentos listados. A segunda etapa, que consiste na retirada da carta-matrícula, vai ocorrer na mesma unidade onde a pessoa fez esse cadastro”, adiantou.

Ao final do processo, haverá novo prazo onde os pais e responsáveis deverão comparecer na unidade indicada na carta-matrícula, com cópia de diversos documentos, para efetivar a inscrição do aluno. “Nossa estimativa é conseguir atender a maioria dos cadastros dentro da escola mais próxima da criança. É muito importante não deixar para a última hora, pois conforme as vagas forem preenchidas, o aluno poderá ser direcionado para outra escola próxima. O foco é garantir a vaga agora, e no próximo ano serão analisados e atendidos todos os pedidos para transferência”, ressaltou Jesus.

Atualmente, a Secretaria Municipal de Educação conta com 84 escolas, nas áreas urbana e rural, 33 CMEIs e 54 CEIs. Estão matriculados 44.062 alunos, incluindo Educação Infantil, Ensino Fundamental – Séries Iniciais, e a Educação de Jovens e Adultos (EJA). (Fonte: Prefeitura/Ncom)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, deixe o seu comentário!
Por favor entre com seu nome aqui