Início Cidade e Região Dengue recua, mas momento é de afastar risco de epidemia no próximo...

Dengue recua, mas momento é de afastar risco de epidemia no próximo verão

38
0
COMPARTILHAR

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) divulgou boletim semanal com os dados sobre a dengue em Londrina, em coletiva de imprensa concedida pela diretora de Vigilância em Saúde, Sônia Fernandes. Os dados apontam que embora o número de casos confirmados de dengue tenha subido para 808, houve uma diminuição no número de notificações nas últimas semanas.

Sônia explicou que a curva de notificações caiu de mais de 600 casos por semana para 77, registrados na semana anterior. “É natural que os casos positivos tenham subido e vão crescer ainda mais, porque temos mais de 4 mil aguardando o resultado de exames, mas a maioria das confirmações são de pessoas que tiveram dengue há mais tempo. Isso tem uma importância muito grande, porque demonstra que estamos tendo um controle da doença no município”, disse.

De acordo com os dados do boletim, do início do ano até agora foram notificadas 6.844 suspeitas de dengue. Destas, 2.089 foram descartadas e outras 3.947 estão em análise, aguardando o resultado de exames laboratoriais. Há cinco pessoas internadas neste momento, em decorrência da doença, cinco mortes confirmadas e uma sob análise.

Segundo Sônia, com a chegada do clima frio, aliado ao trabalho que a Secretaria de Saúde vem desenvolvendo de combate ao Aedes aegypti, a tendência é que os números de notificações diminuam. “Isso não significa que podemos descuidar, pios esta é a melhor época para fazermos o trabalho de controle do vetor, que inclui as ações de limpeza e remoção de objetos que possam acumular água, para termos um próximo verão livre de epidemia”, alertou.

Ações – Nesta semana os agentes de Endemias estão fazendo um trabalho de orientação com a comunidade do bairro Jatobá, região sul, para que os moradores recolham objetos e entulhos que possam acumular água e deixem para fora de seus quintais neste sábado (4). A partir das 8 horas, a Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização (CMTU) fará o recolhimento destes objetos.

O segundo Levantamento Rápido de Infestação do Aedes aegypti (LIRAa) de 2019 está previsto para começar no dia 13 deste mês. Os dados são importantes para que o município conheça a estimativa da infestação pelo vetor da dengue, incluindo os bairros mais críticos, e para planejar as ações de controle do vetor no segundo semestre.

As ações educativas do setor de Endemias também prosseguem. Na segunda-feira (6), às 9 horas, haverá uma palestra sobre a dengue no Colégio Estadual do distrito de Guaravera, para 220 alunos da escola e colaboradores. O objetivo é conscientizar as crianças da importância do controle do Aedes aegypti.

Na terça (7), crianças de 2 a 5 anos e colaboradores também vão participar de uma palestra com o mesmo enfoque, além de uma exposição sobre a dengue, que contém o larvário, demonstrando o ciclo do Aedes, e a maquete do quintal certo e o errado no que diz respeito à prevenção da proliferação do mosquito. (Ncom/Prefeitura)

Foto: Vivian Honorato/Divulgação

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, deixe o seu comentário!
Por favor entre com seu nome aqui